sábado, 7 de dezembro de 2013

E nesses momentos de instabilidade emocional eu fico mais bulímica do que qualquer coisa.

É tudo demais pra mim e eu não consigo falar mais nada.

4 comentários:

  1. Sei como é, Veronica.
    Instabilidade > dedos na garganta > mais instabilidade.
    Pense nisso.

    ResponderExcluir
  2. Oi flor!
    Sei exatamente como é tudo isso, é só eu estar um pouco instável e tudo vai ralo abaixo, tudo mesmo. Mais apesar de tudo não desanime estamos aqui se precisar.
    Stay Strong!

    xoxo

    ResponderExcluir
  3. Nem sei direito o que dizer, porque comigo acontece algo parecido.
    Aprenderemos com o tempo? Tomara!
    Desejo pra gente algo que eu costumava dizer que era papo furado, mas vi que existe... desejo força... e uma pitada de sorte.

    Abraços e obrigada pela força.

    ResponderExcluir
  4. perdi tanto até a capacidade de me ajoelhar e miar... a vergonha agora depois de uma compulsão e ficar olhando o vazio sem reação...

    ResponderExcluir