sábado, 19 de outubro de 2013

- O que você faz e te dá prazer?
(Silêncio por uns 30 segundos, enquanto os últimos meses passavam na minha cabeça)
- Nada... nossa... nada mesmo.
- É... eu acredito. 

Sei lá, parece que só falando em voz alta isso passou a fazer sentido. Depois da psicóloga, eu peguei o primeiro ônibus que servisse pra mim, por sorte (ou azar) era um que já me deixava na minha cidade. Sentei e só fechei os olhos pra ver se a sensação ruim passava. A sensação de perceber que não estou bem e não melhoro. Às vezes, eu esqueço por causa da rotina mesmo, tento seguir com as tarefas do cotidiano. Eu me esforço, sempre que possível.
...
Voltando aos olhos fechados (no ônibus), consegui cochilar até chegar na minha cidade. A sensação ruim continuava. Desci do ônibus determinada a dar um basta nisso. E, cinco horas depois, eu já tinha comido mais da metade de uma barra de chocolate. Enquanto comia, só pensava na minha pele piorando, nas minhas coxas aumentando. A pessoa tenta melhorar fazendo uma sessão de tortura.

Pra tentar aliviar a consciência, tomei um lax que só fez efeito quando eu já tava atrasada pra aula. E pra melhorar a situação, todo aquele chocolate me fez mal pro fígado, passei horas e horas me sentindo imersa em água gelada. Logo, não saí de casa, hoje. Desisti até de ir pro projeto de extensão, à tarde.

Essa semana precisa acabar.

2 comentários:

  1. Tenho vontade de te dizer pra procurar algo que te dê prazer e fazer, mas sei que não é simples assim. E que procurar e não encontrar pode ser ainda mais devastador.
    Então te digo pra escrever. Continuar levando e escrevendo.
    Isso não pode durar pra sempre, sabe. Não pode.
    Conta comigo, Veronica.

    ResponderExcluir
  2. Não é fácil continuar levando a vida, quando se tem uma vazio que não sabemos como preencher, quando não sabemos pra onde vamos ou o que vamos fazer de nossas vidas. Sinceramente não tenho uma receita pra te passar, porque eu também vivo assim imersa no meu próprio mundo, vazio e solitário, mais eu sei que tem amigas nesse meio (da ana) que nos entende e sempre nos ajuda, e isso me conforta, então se precisar estamos ai!
    Stay Strong!

    xoxo

    ResponderExcluir